domingo, 17 de março de 2013

sábado, 23 de fevereiro de 2013

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Flávio Dino confirma que será candidato ao governo do Maranhão em 2014


O presidente da Embratur, Flávio Dino, confirmou nesta quarta-feira (6) à Coluna sua candidatura ao governo do Maranhão em 2014. Segundo ele, a articulação com os partidos locais já foi iniciada. “Nosso objetivo, de fato, é disputar o governo”, afirmou Dino.
“Queremos a superação dos 50 anos de domínio do Sarney”, completou. Flávio Dino disse que está esperando apenas a definição do candidato que concorrerá contra ele para criar suas estratégias de campanha eleitoral, mas garante que saiu na frente: “Fizemos algumas pesquisas e a média de aceitação é de 60%, mas temos que esperar para ver quem será o outro candidato. A vitória do candidato que apoiei em São Luiz no ano passado mostra que a vontade da maioria é mudar o que existe hoje”, concluiu.
As informações são da coluna do jornalista Claudio Humberto

Detran alerta para cuidados no trânsito durante o Carnaval

O Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA) prepara uma série de ações educativas para lembrar aos motoristas dos cuidados redobrados que devem ser adotados durante o Carnaval, que começa nesse fim de semana. Para reduzir o número de acidentes, que aumenta até 15% em épocas de feriado, o departamento alerta para cuidados simples que podem evitar infrações, acidentes e até mortes nas vias.
 Segundo o coordenador de educação para o trânsito do Detran-MA, Roberval Lopes,  é fundamental chamar a atenção para cuidados básicos de segurança, que podem salvar vidas. “Respeitar a sinalização, evitar dirigir cansado ou sob estresse, jamais dirigir alcoolizado, manter distância do veiculo que está na frente e diminuir a velocidade durante a noite, período em que experimentamos uma sensível redução do nosso campo visual são medidas simples que fazem a diferença”, recomenda Lopes.
De acordo com o diretor-geral do Detran-MA, André Campos é necessário promover junto a cultura da alegria e da descontração o respeito mútuo no trânsito também no carnaval. “Os motoristas que transitam acima da velocidade permitida colocam em risco a própria vida e, mais que isso, a vida de terceiros. A lei seca está ai para ser respeitada e toda a sociedade deve cumpri-lá”, afirma.
Alguns cuidados no caso de chuva
- Se estiver em movimento, não ligue o pisca alerta. Este tipo de iluminação só deve ser acionado se o veículo estiver parado;
- Ao dirigir de forma defensiva, o motorista diminui as chances de se envolver em acidentes;
- Fique sempre atento e mantenha distância do carro à sua frente;
- Planeje o que fazer e sinalize todas as mudanças de pistas;
- Não freie bruscamente sem necessidade;
- Não faça ultrapassagens perigosas;
- Ultrapasse outros veículos somente pela esquerda;
- Tome cuidado redobrado com os pedestres, pois quando a chuva começa ocorre a típica correria atrás de abrigo.
Confira algumas outras dicas:
- Antes de pegar a direção, o condutor deve portar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV), além de verificar a validade e o vencimento destes documentos.
- O condutor deve checar ainda as condições de funcionamento de todos os equipamentos obrigatórios, como cinto de segurança, luzes de freio, do pisca, do farol e da marcha-ré. O extintor de incêndio também precisa ser conferido, inclusive a validade do produto. O motoqueiro e o passageiro não podem esquecer de usar capacete.
- Os passageiros devem colaborar usando o cinto de segurança e evitando tirar a atenção do motorista. As crianças com até 10 anos de idade precisam viajar no banco de trás dos veículos, em cadeiras específicas, regulamentadas pelo Inmetro, de acordo com a Resolução 15/98 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
- Os motoristas devem ingerir apenas água, sucos ou refrigerantes, respeitar os limites de velocidade e fazer ultrapassagens somente com total visibilidade e segurança.

O carnaval de Pirapemas.

Confira a programação completa para os cinco dias de folia.

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Corpo de Bombeiros interdita 14 casas noturnas em São Luís

A casa noturna Chez Moi, a Boate Candy e a Boate Observatório foram as primeiras casas de eventos noturnos de São Luís interditadas após fiscalização realizada pelo Grupamento de Atividades Técnicas (GAT) do Corpo de Bombeiros (CB-MA). Segundo o GAT, os estabelecimentos citados apresentam irregularidades como ausência de brigadistas; ausência de sinalização de pontos de fuga; problemas com saídas de emergência; e exposição de fios elétricos. Ao todo, nove estababelecimentos foram fechados no primeiro dia de vistoria.
Em nota divulgada na página do Facebook, o Chez Moi assumiu a ausência de alguns itens de segurança e explicou que a vistoria foi realizada minutos antes da casa abrir as portas, pedindo desculpas aos clientes. A direção afirmou que conta com "todas as autorizações de funcionamento emitidas pelo órgãos competentes" e deve tomar as providências para atender as exigências durante o período de carnaval, quando a casa deve entrar em recesso.
Segundo os Bombeiros, não existe brigada para atuar em caso de incêndio; a saída de emergência está incompatível com os padrões exigidos em lei; a sinalização de emergência não possui visibilidade suficiente e está com problemas; e a casa chega receber o dobro de pessoas da capacidade, que é de 250, liberada em vistoria anterior pelos própios Bombeiros.
Por telefone, o G1 entrou em contato com a administração da Boate Observatório. Um funcionário do estabelecimento informou que a vistoria ocorreu por volta de 21h40 e disse que a direção enviaria nota à imprensa "assim que possível". "No momento, estamos elaborando um comunicado para ser fixado na porta da boate e encaminhado à imprensa", avisou o atendente, identificado apenas como Davi.
Os problemas detectados no local durante a vistoria foram: saída de emergência incompatível; fiação exposta; sem brigadista e ausência de corrimão na escadaria.
O G1 também conversou com o proprietário da Boate Candy, Alan Freitas, que falou sobre a vistoria e as providências a serem tomadas. "Foram poucas coisas. Apenas [a ausência de] três brigadistas e algumas placas de sinalização. Vamos tentar resolver amanhã pela manhã para que a casa abra normalmente já na noite de sábado", esclareceu.
No local, os Bombeiros detectaram que a saída de emergência está incompatível; a fiação está exposta; a sinalização de emergência é insuficiente e os selos dos extintores estão danificados.
Com as interdições, os estabelecimentos só poderão abrir as portas quando atenderem às exigências do Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico, da Lei Estadual nº 6.546, de 29 de dezembro de 1995, utilizada pelo Corpo de Bombeiros. Caso haja descumprimento das determinações, os proprietários das casas noturnas podem ser presos e multados.